domingo, 9 de março de 2014

Solange Almeida e a autoestima da Mulher Nordestina.

Solange, mais conhecida como Sol. É integrante de um dos grupos mais ouvidos no nordeste 'Aviões do Forró' que nasceu em Fortaleza-CE. É um exemplo de mulher da periferia e sertão na luta em prol da Auto-estima da mulher nordestina ! O Grupo iniciou em 2002 e tem Sol como vocalista.

Embora pareça mais um grupo 'qualquer', a banda conseguiu cativar o publico feminino e através do ritmo, conseguiu mostrar para mulher o quanto é importante ter auto-estima e ser independente. Sei o quanto as pessoas tem preconceito com este tipo de musica, que é tão comum em nossa sociedade. Entretanto, acho válido ressaltar a importância do discurso que embora seja 'clichê', ao atingir a grande massa consegue passar uma mensagem: Libertem-se.

Posso estar indo longe demais com a analogia e coligação. Mas, ao ouvir um refrão de fácil entendimento e ritmo dançante, as informações conseguem entrar nos ouvidos do público, passando a mensagem de uma mulher que não se deixa ser usada. Além da levada nordestina que conta com instrumentais legítimos como a Sanfona. A banda utiliza de um 'artifício' pouco apreciado dentre os 'críticos' de musica popular: Ritmos copiados.

Sim, eles pegam musicas internacionalmente famosas, utilizam as bases e a melodia, adaptando com uma outra letra. Eu, particularmente, também não aprecio isso. Mas consigo entender o objetivo e o 'por que' . Fazendo uso deste ritmo já conhecido pela grande massa, apresentando uma letra em português, eles já tem 'meio' caminho andado, para ser ouvido é só uma questão de tempo e curiosidade. Algumas pessoas ouvem para dar risada e sacar qual a interpretação. Outras simplesmente escutam e cantam as musicas. Daí então, a mensagem é passada. Esta em todos os lugares, forrós, barzinhos, restaurantes e quiosques de praia.

Um dos refrões mais ouvidos do grupo, tem este tema:

''Se não valorizar com certeza você vai me perder.
 Embora eu te ame sim, eu juro não vou suportar ver você me enganar.
Cansei de perdoar, se liga no que vou dizer:
"Me amo mais do que a você"''.
Chega, não te quero mais desculpa mas eu sou assim.
Não te deixo pisar em mim se liga no que vou dizer: ''Me amo mais do que a você".

Um dos guias que nos acompanhou na viagem que fizemos para Fortaleza, colocou um DVD do programa, apresentado por Regina Casé: Central da Periferia. E neste DVD, o assunto era justamente a cultura do nordeste. E a banda Aviões do Forró, era grande parte do conteúdo mostrado, juntamente com a Sol, que é uma figura popular no nordeste. Ela é um exemplo vivo do que se pode chamar de FORÇA, CORAGEM E SUPERAÇÃO. A cantora passou por algumas cirurgias com objetivo estético. Segundo ela, em diversas entrevistas, ela sofria com a aparência e isso era ruim para sua auto-estima. Solange então, resolveu usar sua musica para falar destes sofrimentos emocionais. E aí colou. O publicou abraçou e hoje a musica é tocada em todo território nacional.

Meu objetivo não é de maneira alguma entrar em discussão sobre padrões estéticos e a necessidade de segui-los para ser aceito. Meu objetivo vai além disso. A felicidade de uma mulher e sua auto-estima recuperada. A noção de que você PODE e tem PODER.

Aposto que os elitistas intelectuais, apareceram aos montes para apontar falhas e criticar ainda mais. Entretanto, o que fica para mim é um saldo de quase felicidade. A periferia tem em sua musica, mulheres que estão lutando pela auto-estima de outras. Mesmo que ainda seja utilizado o ideal de competição e da busca por padrões, a maior mensagem passada é a importância de estar bem consigo mesmo e da independência. NÓS PODEMOS.

Pude reparar que no Ceará as mulheres trabalham tanto quanto os homens e muitas já são independentes financeiramente. Inclusive o guia fez questão de ressaltar este ponto: Num estado onde a violência de gênero tem níveis alarmantes, por mais que para nós o avanço seja pouco, muitas e muitas mulheres estão recuperando aos poucos a  auto-estima.

Sei que é tão utópico quanto meus outros ideais de paz e liberdade.
Mas faço questão de parafrasear uma frase que li num texto sobre a musica 'Beijinho no Ombro' da Valesca Popozuda, que também tem este papel na periferia:
'Deslegitimado, mas muito legitimador'.

E no final de contas, se estiver sendo captado é o que importa !


Nenhum comentário:

Postar um comentário

consumidores dos meus fragmentos. <3

Loading...