domingo, 27 de novembro de 2011

Respirar e se Entregar.

Fiquei tanto tempo longe disso tudo. Da internet, das ruas onde eu cresci. Mas agora eu voltei. Não preciso mais fugir de nada. Consigo aceitar tudo agora que eu cresci (pelo menos para aceitar e olhar pra trás sem medo de ver os fantasmas e o sangue derramado de cada ferimento) . Achei que meu coração não fosse se recuperar nunca. Jurei pra mim nunca mais voltar. Mas voltei sim. Agora consigo aceitar isso tudo que passou. Respeito tudo oque eu disse e tudo que vivi e ouvi, respeito cada lágrima que eu derrubei... Agora meus ouvidos não doem mais, não fico mais rouca de tanto soluçar. Consigo dormir e acordar sem carregar aquele peso nas costas. Algumas pessoas chamam isso de felicidade, mas eu prefiro chamar de Superação.
Sou muito previsível não é ?! Talvez seja por ser 'transparente' de mais. Desejo a você toda a felicidade do mundo. Que você tenha crescido como eu cresci. E consiga amar alguém, assim como eu consegui.
Todos sabem que eu escrevo quando os extremos acontecem, ou quando algo se destrói, me atinge, me fere, me derruba. Ou quando a 'paixão' acontece... Dessa vez aconteceu de novo.
Meus fins de semana longe de casa. E perto do alvorecer.
Acho que eu cresci tanto, que não me encaixo mais aqui ...
Acho que eu evolui tanto, que não consigo mais entender oque as pessoas daqui dizem ...
Acho que eu mudei tanto, que agora consigo conversar horas com a minha avó, abraçar meus tios. Tomar café bem preto com meu avô. Assistir TV no sofá da sala da casa da minha tia, sem reclamar da programação.
Acho que eu aprendi tanto, que cada hora com a minha família é valiosa ...
Acho que eu respirei tão fundo, que me veio uma vontade súbita de MUDAR cada pessoa que amo.
Acho que eu quero tanto, que esse lugar já não me serve mais.
Acho que eu peguei gosto pela vida . Pela mudança. Pela felicidade e pela Paz.
E tudo isso que eu disse 'achar', é toda a minha verdade, toda a minha certeza.
Quero viver ... Quero caminhar por aqui com outros pés, quero estar com você com o mesmo sorriso. Só que mais forte e mais feliz. E se eu não estiver com você, quero poder sorrir também e te abraçar bem forte e agradecer. Quero construir uma família e mudar essa que eu já tenho. Quero fazer minha mãe feliz e meus irmãos também. Ser ainda melhor no trabalho. E me entregar ainda mais para oque eu mais amo a MUSICA. Algumas pessoas dizem que meu dom é escrever, outras dizem que meu dom é cantar, dançar, fazer as pessoas riem das minhas besteiras ... Mas meu dom é a sorte. Sorte de ter a família que tenho, os amigos que cultivei ... E você.
Acredite em mim ... Não tenho medo nenhum de dizer que amo ! Sou radical de mais né? Muito nova ... Mas quero ser 'adolescente' para sempre. Se for coisa de adolescente amar e se entregar. Eu me entrego para uma vida nova. Para uma nova atitude. Para você ... E para minha felicidade. E me entrego para esse crescimento ... Me entrego de mais ! Mas eu sou assim 'tudo em excesso.'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

consumidores dos meus fragmentos. <3

Loading...