sábado, 7 de março de 2009

Pedestre do mar;

Baixo a guarda esta noite,
fim da temporada , eu caminho na estrada
Nem é para encontrar .

Estou privatizando os meus boatos internos.
Estou analisando a minha patologia , sozinha.

Sem moral , ou sem querer...
Pedestre do mar
Caminho nas ondas ...

Não é preciso ter sentido.
Para que se possa entender;
Hey doutor , estou com frio de novo ...

Diagnosticando as minhas ideias...
Medicando minhas ações
dopando os meus movimento ...
estaganando-me ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

consumidores dos meus fragmentos. <3

Loading...